Tom Leão Na Cova do Leão

Um dos mais respeitados jornalistas do Brasil, Tom Leão está na Radiocultfm.com. Sua coluna semanal, NA COVA DO LEÃO, é um olhar felino sobre trilhas sonoras e sons que habitam a alma criativa de Tom. Venha sempre!

NA COVA DO LEÃO

radiocultfm.com

COBRA KAI

ANOS 80 NA TRILHA

COBRA KAI TRAZ O SOM DOS 80S NA TRILHA

Não sou muito fã de prequels, nem de remakes, mal tolero reboots. É preciso ter a ‘manha’, para fazer esse tipo de coisa funcionar. Felizmente, foi o que aconteceu com ‘Cobra Kai’, série lançada no YouTube Red, há dois anos, cuja terceira temporada já chegou ao Netflix (que a comprou, daqui em diante). E, junto, a série trouxe, também, uma trilha sonora bacana que remete aos anos 80, fazendo sentindo. Como acontecia nos filmes do John Hughes.

Esta continuação, mais de 30 anos depois, de ‘Karatê Kid’ (filme teen de 1984, que teve duas sequencias diretas, uma indireta e um remake recente), transformou o ator Ralph Macchio (Daniel-san) e seu mestre, o oriental Senhor Miyagi (Pat Morita, já falecido), em ícones pop. Trazer os remanescentes de volta, não parecia promissor, a princípio. Mas, funcionou

Cobra Kai’, a série, se passa 30 anos depois dos fatos mostrados no primeiro filme, quando Daniel LaRusso derrotou Johnny Lawrence (William Zabka), num campeonato de karatê. Neste corte de tempo, vemos que ambos (feitos pelos atores originais) traçaram caminhos diferentes: Daniel, virou próspero negociante de carros, enquanto que Johnny, se tornou uma pessoa amargurada. Este, continuou vivendo no passado: desde as roupas que usa (visual hard rock oitentista) até a sua total falta de jeito para lidar com as novas tecnologias.

Por isso, o tipo de música que Johnny escuta, continua preso nos anos 80, para nossa sorte. É assim que, entre riffs genéricos de hard rock, que acompanham seus passos, ouvimos na trilha músicas como ‘Back in black’, do AC/DC, ao new wave bacana do Wang Chung, com ‘Dance hall days, e até mesmo ao pop inglês do Bananarama, via ‘Cruel summer’. Só hits.

Na temporada atual (a terceira), o dojo Cobra Kai foi tomado pelo sinistro Kreese (Martin Kove, que está nos três filmes originais) e acompanhamos a luta de Miguel Ortiz, pupilo de Johnny, para se recuperar de sequelas decorrentes de uma mega briga, que aconteceu no final da segunda temporada. E sabe o que Johnny faz para levantar o ânimo de Miggy? Leva-o para ver um show solo de Dee Snider, ele mesmo, o vocalista do Twisted Sister! A cena, é uma das melhores já vistas na série, que, a cada dia, se torna mais e mais popular no catálogo Netflix. A ponto de já estar com uma quarta temporada engatilhada. I wanna rock!

Tom Leão

Cobra Kai

Cobra Kai é uma websérie americana de drama e ação de artes marciais, baseada no primeiro filme da trilogia Karate Kid criada por Robert Mark Kamen, que estreou em 2 de maio de 2018 no YouTube Premium. Em seguida, chegou ao Netflix, onde será veiculada a partir de agora.

Suplemento especial Radiocultfm – por Luck Veloso