Share this...
Share on Facebook
Facebook
Pin on Pinterest
Pinterest
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Tom Leão Na Cova do Leão

Um dos mais respeitados jornalistas do Brasil, Tom Leão está na Radiocultfm.com. Sua coluna semanal, NA COVA DO LEÃO, é um olhar felino sobre trilhas sonoras e sons que habitam a alma criativa de Tom. Venha sempre!

NA COVA DO LEÃO

radiocultfm.com

NEVERMIND

30ANOS - NIRVANA

30 ANOS DE ‘NEVERMIND’, DO NIRVANA

Em geral, evito falar de assuntos que comemoram datas redondas, seja lá do que for. Porque, geralmente, o assunto estará por toda a parte, e raramente você terá alguma coisa realmente diferente para contar. 

Contudo, não posso evitar de falar sobre os 30 anos de ‘Nevermind’ (que, no Brasil, saiu no final de novembro, dois meses depois dos EUA), o segundo álbum do Nirvana, que, quando foi lançado, abalou estruturas. Hoje, é inimaginável que algum disco de banda de rock possa causar sequer algo parecido. 

Soube disso no dia em que fui visitar a minha mãe, e ela já sabia cantarolar metade das músicas do disco (dei-lhe o meu vinil nacional e fiquei com o CD). Como beatlemaníaca original, ela acompanhou outras bandas que vieram depois dos fab four. Mas, até chegar ao Nirvana, nunca a havia visto tão empolgada. E mais bizarro: a rádio rock carioca daquele momento (a Flu FM, em seus estertores), não tocava Nirvana em sua programação, por acha-los ‘comerciais’! De fato, eles estavam estourados em todas as rádios FM.

Para ouvir Nirvana na ‘maldita’, na época, só no programa que eu e André X (baixista da Plebe Rude), fazíamos nas noites de segunda-feira, ‘Hellradio’. Nele, tocamos demos, lados b e a faixa escondida que estava apenas em algumas edições do CD importado de ‘Nevermind’, chamada ‘Endless, Nameless’ (um longo instrumental caótico, que aparecia 10 minutos depois da última faixa). Fui a várias lojas da cidade que tinham o CD aberto (até na improvável loja de dance music, DJ Megastore, na Barra) para achar a tal faixa. E, André, na época, sócio de Dado Villa-Lobos,
na loja de discos (depois gravadora) Rock-it!, vasculhou todo um carregamento de CDs importados que encomendaram, até encontrar a que tocamos.

Quem não viveu o momento, não imagina como o Nirvana foi tão popular e, ao mesmo tempo, ‘odiado’ (aconteceria algo semelhante com o primeiro disco dos Strokes, uma década depois, execrado pelos ‘roqueiros’ em geral). No fim daquele ano, a ‘Folha de S. Paulo’ pediu a vários jornalistas musicais a sua lista de discos mais importantes do rock. E, só EU votei em ‘Nevermind’, porque já sabia da importância que o disco tinha, então, e teria, futuramente. Era óbvio! 

Da parte musical, nem preciso falar. A produção de Butch Vig (baterista do Garbage) é espetacular, crua e melódica, ao mesmo tempo (ecos de R.E.M. a Pixies); Kurt Cobain, o anti-ídolo, que nos conquistava com sua verdade; a icônica capa do bebê nu na piscina atrás da nota de dólar (até hoje, o ‘bebê’ corre atras de grana, quando o álbum aniversaria) a faz uma das mais reconhecidas do rock de todos os tempos; a banda alternativa que, com seu sucesso, desencadeou toda uma onda de ‘Bandas de Seattle’ e criou o movimento ‘grunge’ (o último grito punk); o clip para ‘Smells Like Teen Spirit’ que captou o zeitgeist daquela geração; e a banda que foi abrir para a principal de sua gravadora (Geffen), Sonic Youth no final de 90, e, em janeiro de 91, virou a headliner da turnê e se tornou uma das mais importantes de todos os tempos. Deixa que digam, que pensem, que falem. Nevermind…

Tom Leão

Nevermind

Nevermind é o segundo álbum de estúdio da banda grunge estadunidense Nirvana, lançado em 24 de setembro de 1991. Produzido por Butch Vig, foi o primeiro álbum lançado pela DGC Records. O vocalista da banda Kurt Cobain procurou fazer música fora dos limites restritivos da cena grunge de Seattle, tendo influência de grupos como os Pixies e sua dinâmica “calmo/barulhento” nas canções. É o primeiro álbum com o baterista
Dave Grohl.

Suplemento especial Radiocultfm – por Luck Veloso
Share this...
Share on Facebook
Facebook
Pin on Pinterest
Pinterest
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin