Apoio:
Anúncio

Radiocultfm

Diversidade Cult

Rock in Rio é Muito Rock!

Por Cleber JR  –  O Rock in Rio anunciou as primeiras atrações da próxima edição que irá acontecer na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro, no final de setembro e início de outubro em 2021.

Mesmo tendo escalado, o que passou a ser conhecido como, O Dia do Metal para abrir a festa, há quem não goste do line-up do festival.

O festival, desde sua primeira edição, optou em agradar todo tipo de público, mesmo usando o rock em seu nome e isso acabou incomodando os mais radicais. 

Rock pra todo gosto

É verdade que algumas misturas não deram certo.  Entraram para história os atos de hostilidade contra Erasmo Carlos, Lobão e Carlinhos Brown escalados juntos com um pessoal mais pesado.

Se você é desses que  se recusam a participar de um festival que se chama Rock e escala artistas como Ivete Sangalo e Black Eyed Peas saiba que perde grandes oportunidades de assistir ótimos shows roqueiros ou não.

Como esquecer o show do Queen em 85, que foi registrado no filme Bohemian Rhapsody, tal sua importância para a banda. 

Nesse mesmo dia com o show arrebatador da turnê do álbum Powerslave, o Iron Maiden fincou a bandeira de The Trooper no Brasil  e teve presença garantida em muitas edições, tendo gravado ao vivo, o show de 2001, que contou com a versão histórica de Fear of The Dark. 

Esses dois somados ao show de 2019 foram os melhores da banda no festival.

SSSHHHIIII! Tem música no palco!

Como poderíamos assistir os shows inesquecíveis de Neil Young, Bruce Springsteen e The Who, sem a turma pop? 

E a presença mais surpreendente de todas, o King Crimson que elevou o padrão musical da edição de 2019 e extasiou um público de jovens e old rockers, fãs do progressivo e da música para ser ouvida e apreciada em cada movimento. 

Tão surpreendente quanto o pedido de silêncio, obedecido de imediato ao surgir um murmurinho durante a execução de uma de suas músicas.

E pra não parecer radical, cito o grande Stevie Wonder, o hitmaker Nile Rodgers que nos lembrou musicas de todos os tempos, no Palco Sunset em 2017. O Sunset é um palco memorável, lá me diverti muito com os ciganos do Gogol Bordelo em 2013, que teve até rodas de pogo.

Portando não se apegue a radicalismos e curta o que puder, sempre há a oportunidade de conhecer novidades e o Rock in Rio é o melhor momento para experimentar enquanto aguardamos nossa atração preferida.

Minha lista de shows preferidos por edição do festival no Rio.

1985 – Queen, Rod Stewart, Nina Hagen e AC/DC

1991 – Guns N’ Roses, Judas Priest e Faith no More

2001 – Neil Young e Iron Maiden

2011 – Gogol Bordelo e Stevie Wonder

2013 – Bruce Springsteen e Florence and the Machine

2015 – Queen, Ministry, Nightwish e Moonspell

2017 – Aerosmith, The Who e Nili Rodgers & Chic

2019 – Iron Maiden, King Crimson e Muse

E a sua? Comenta aí!

One thought on “Rock in Rio é Muito Rock!

  1. 1985 AC/DC – Yes – Queen;
    1991 – Gun’s & Roses – Capital Inicial – Megadeth;
    2001 – Iron Maiden – Neil Young – Oasis;
    2011 – Metallica – System of a Down – Slipknot;
    2013 – Bon Jovi – John Mayer – Slayer;
    2015 – Queen – System of a Down – Slipknot;
    2017 – Frejat – Aerosmith – The Who
    2019 – Panic at the Disco – Torture Squade – King Crimson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *