publicidade:

Radiocultfm

Diversidade Cult

O tapa do Papa e a profecia dos Engenheiros do Hawaii

Papa Francisco – divulgação

Por Luck Veloso – O ano mal começou e os primeiros raios de revolta já se iniciaram. O assunto da semana é o tapa do Papa Francisco na mão da fiel pegajosa. Não adianta, por mais que desejemos nos afastar dos anos 1980 e 1990 e dizermos que não somos saudosistas, os acontecimentos quase sempre nos levam a ele, principalmente para quem vive pensando em música 24 horas por dia, como é o nosso caso.

Quando assisti à cena, imediatamente sorri. Não foi um escárnio, muito menos deboche. Foi apenas a constatação pessoal de ver que o homem também é homem, também é gente e graças a Deus (com trocadilho), também não é santo. Pelo menos ainda. Imediatamente, me lembrei de uma letra do finado grupo Engenheiros do Hawaii, “O Papa é Pop“.

Humberto Gessinger, Carlos Maltz e Augusto Licks, à época do álbum O Papa é Pop.

Lançado em 1990, o álbum homônimo fez enorme sucesso e traria ainda, além da faixa título, outros dois grandes singles, como “O Exército de Um Homem Só” e “Pra ser Sincero“. Na letra de “O Papa é Pop“, Humberto Gessinger proclama: “O Papa é pop, o Papa é pop, o pop não poupa ninguém. O Papa levou um tiro à queima roupa, o pop não poupa ninguém”. A parte do tiro, obviamente, remete ao atentado, sofrido pelo então Papa João Paulo II, em ‎13 de maio de 1981, pelo terrorista turco Mehmet Ali Agca, que foi punido com prisão perpétua, porém, ganhou a liberdade em 2010.

Papa Francisco - Wake Up
O Papa Francisco lançou um disco de rock, em 2017.

Trazendo o assunto ao presente novamente, a letra dos Engenheiros do Hawaii falava ainda: “Todo mundo tá revendo o que nunca foi visto, tá na cara, tá na capa da revista, qualquer nota, uma nota preta, páginas em brancos, fotos coloridas, qualquer rota, a rotatividade, qualquer coisa que se mova é um alvo e ninguém tá salvo, um disparo, um estouro…” O Papa Francisco lançou um disco de rock em 2017, sendo aprovado pelo Vaticano. Bartizado “Wake Up!”, o disco conta com rock progressivo e cantos gregorianos combinados a trechos de discursos do pontífice.

Se o episódio com o Papa Francisco fosse com você, de que forma você reagiria? Faria diferente? Conta aí. A música, mais uma vez, reflete a realidade e vice-versa. Um tapa na cara de 2019 e muito carinho para o nosso 2020, estejamos felizes!

One thought on “O tapa do Papa e a profecia dos Engenheiros do Hawaii

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo
× Como posso te ajudar?