Picassos Falsos

Subúrbio Alternativo terá novo e amplo espaço e precisa da sua ajuda. Leia e participe!
Culturall

Por Luck Veloso – O Subúrbio Alternativo nasceu como um espaço em Brás de Pina, subúrbio do Rio de Janeiro, para dar aos amantes do rock um ambiente tranquilo, com bandas autorais e covers que desse à região algo de bom em termos de entretenimento. Sem grandes pretensões, Dailson ´Terror´ Sabino, o nome do guerreiro à frente da empreitada, plantava lá em 2013 uma semente que daria frutos bem maiores. Quem frequentou o “boteco sujo“, como ele mesmo chamava durante...

2
1442
0
quinta-feira, 28 dezembro 2017
Picassos falsos: mais verdadeiro do que nunca!
Culturall

Por Nem Queiroz – A banda oitentista tenta se reinventar sem deixar de ser o que sempre foi, sem perder a identidade e a personalidade que os elegeram a banda de rock mais mpb que conhecemos. E isso não a desclassifica, muito pelo contrário, expõe ainda mais uma qualidade que lhe é nata, a de uma banda que não tem apenas boas canções, mas também ótimas letras. Humberto Effe, é sim, um requintado letrista. Canções como”Carne e osso” e “Quadrinhos”...

2
596
0
quinta-feira, 10 novembro 2016
Picassos Falsos: noite de clássicos no Subúrbio Alternativo
Culturall

Por Luck Veloso – O Subúrbio Alternativo já se firmou como um dos mais importantes pontos para a difusão do rock na zona norte do Rio de Janeiro e na sexta-feira, 9 de julho, isso foi comprovado mais uma vez pela adesão em massa daqueles que defendem a boa música. O Picassos Falsos em sua formação clássica foi a grande atração da noite, precedida por duas bandas, Caixa Preta e Memora. A primeira mesclou trabalhos próprios e alguns covers e...

4
2254
1
sábado, 09 julho 2016
Picassos Falsos no Subúrbio Alternativo
Culturall

Por Luck Veloso – Uma das bandas mais criativas que os deliciosos anos 80 já tiveram, o Picassos Falsos tem uma história bem peculiar. Formado em 1985, já fazia uma proposta bem mesclada àquela época, com elementos do rock, funk, soul e ritmos como afoxé, samba e uma pitada de bossa. A explosão nacional veio com as músicas “Quadrinhos” e “Carne e Osso”, tocadas a exaustão nas rádios FMs naqueles tempos. O grupo decidiu dar um tempo em 1990, voltando...

2
835
0
sexta-feira, 08 julho 2016