Plebe Rude impecável!

Plebe Rude impecável!

4
630
0
quinta-feira, 10 novembro 2016
Culturall

plebe-rude-ginastico-nem-queiroz-1Por Nem Queiroz – Pensei no Rio, na atual situação mundial, pensei no Brasil, no mundo, na Real Sociedade, enquanto eles abriam o show com a acertada decisão: “O concreto já rachou!” , cantavam já com tanto vigor que pareciam nos alertar! Dedo na ferida! E tudo era tão intenso e funebremente tão lindo. O mundo tá rachado! Philippe, Clemente, Gutje, André, toda a Plebe nos mostraram isso já nos primeiros acordes! E quando, mais tarde, Philippe Seabra silenciou os instrumentos para categoricamente dizer que já nos havia alertado (agora referindo-se à nova ordem política mundial – Uma alusão ao novo presidente do mundo, sic, digo, dos EUA, Donald Trump.) que o bravo mundo novo poderia nos surpreender um dia! “Então, aí está!” Anunciou: “Bravo mundo novo”! e a bateria entrou como tambores que prevêem o futuro.

O público que era todo ouvido, agora era todo explosão, a começar pelo detalhe de que a primeira ordem da noite foi a Plebe exigir “ahhh, vocês não ficar sentados num show da Plebe, né!” Não precisou nem terminar a frase, de um pulo todos estavam colados ao palco, e as inúmeras cadeiras sumiram, num minuto, da visão de todos, como deve ser um verdadeiro show de rock! Um show da Plebe Rude é uma aula em verve raivosa de som e fúria. Uma porrada no concreto que a realidade hoje é, e sempre será! Sim, o concreto já rachou!
A cada música era um delírio diferente e uníssono, casa lotada, platéia e galeria, em cima e embaixo, me fez lembrar aquele famoso show dos Titãs no Teatro Carlos Gomes em que a galera quebrou tudo! Eu temia pelo lugar! Mas ainda bem que tudo correu dentro dos conformes. Entre um bloco e outro de sucessos, inclusive Cólera (como o Clemente caiu tão bem nessa banda, meu Deus!). Phillipe tinha o público na mão, agradeceu ao Sesc Ginástico, ao projeto, e a todas as bandas que ali se apresentaram. “Bacana! Ontem foi os Picassos falsos, hoje somos nós, semana passada tocaram aqui Camisa de Vênus e Ira! Bem legal!” E terminou reivindicando: ” nós todos fomos os precursores de tudo isso, a raiz! É bom lembrar! Não se esqueçam disso!” sendo aplaudido fervorosamente!

plebe-rude-ginastico-nem-queiroz-2

“Medo” foi outra canção do repertório que deu o recado “Eles te dão a mão só pra te empurrar!”  Sexo&karatê, voz do Brasil, Johnny vai a guerra outra vez, Brasília, Proteção, Até quando esperar e dentro do bis “Beds are Burning” do Midnight Oil! Ufa! Deu pra sentir a pressão, malandro!? Pois é, Plebe Rude no osso, na alma, na melhor forma, prova disso foi Phillipe lembrar com explícito orgulho de terem sido escolhidos pelo próprio Axl Rose para abrir o show do Guns N’ Roses na turnê que o grupo fará aqui no Brasil nos próximos dias. Tudo bem, é um grande acontecimento, mas na boa!? A Plebe é melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *